Go to the content
or

Logo noosfero

Full screen
 RSS feed

Blog

April 15, 2011 0:00 , by Colivre.net - | No one following this article yet.

Encontro de Presidentes chega à Região Piemonte e Chapada

July 31, 2015 20:38, by Portal Bahia Cooperativo - 0no comments yet

O Encontro de Presidentes das Cooperativas Baianas 2015 chega a sua terceira reunião em Irecê, Região Piemonte e Chapada, situada a 480 km de Salvador. O evento contou com a presença de 49 participantes representando 14 cooperativas e 3 instituições: Desenbahia, Associação Comunitária Fazenda Lucas – ACFL – e Bioóleo Bahia.

O Presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, realizou a abertura do evento convidando Alaerte Arônia, Presidente da COPERIL e Conselheira da OCEB representante do Ramo Educacional, para dar as boas-vindas aos participantes. Em seguida, Aldir Parisi iniciou a palestra sobre “Acesso a mercados para cooperativas”, focando nos desafios das cooperativas para o ingresso e permanência no mercado.

Dando continuidade ao evento, Cergio Tecchio apresentou o Planejamento Estratégico e as ações que o Sistema OCEB vem realizando. É o terceiro ano consecutivo que Irecê sedia o Encontro de Presidentes da região de Piemonte e Chapada. Para Alaerte Arônia, receber este evento é de extrema importância para o cooperativismo na região, uma vez que as cooperativas precisam ver que existe uma instituição, o Sistema OCEB, que está junto com elas para organizar e orientar no que for preciso.

De acordo com Greisielle Andrade, gerente de Negócios da Região da Chapada da Desenbahia em Irecê, “a participação neste encontro foi bastante proveitosa para conhecer as cooperativas e futuramente oferecer linhas de financiamento, auxiliar no aumento de emprego e renda, além de fortalecimento das diversas cadeias produtivas, já que as cooperativas possuem vários ramos de atividades. Além de reforçar a importância da cooperativa regular”, afirmou a gerente. José Antônio Magalhães, Técnico Agrícola da Bioóleo, acredita que a presença da Bioóleo no encontro foi importante, pois, além de ter sido engrandecedora quanto ao entendimento cooperativista, a empresa tem apoiado e incentivado às cooperativas para que busquem o Sistema OCEB a fim de se regularizarem e serem bem orientadas pela Instituição.

Para finalizar a programação, uma dinâmica em grupo foi realizada para discutir ações futuras do Sistema OCEB. “A participação da COOPERBONITO foi de suma importância neste evento, porque, além de tratar da capacitação e monitoramento, nós estamos demandando ações para o futuro da estrutura da nossa cooperativa. Por isso, saímos deste encontro extremamente satisfeitos e agradecidos pelo apoio do Sistema OCEB na constituição da nossa cooperativa ” relatou Jaidy Ribeiro, Diretor Administrativo da COOPERBONITO, cooperativa que está sendo assessorada pelo Programa de Orientação Cooperativista – POC –, através do Analista do SESCOOP/BA, Valter Sampaio, ao falar da sua primeira participação no evento.



OCEB e JUCEB firmam cooperação técnica

July 30, 2015 19:20, by Portal Bahia Cooperativo - 22 comments

Com o objetivo de ajudar as cooperativas a cumprirem os requisitos formais para o registro de seus atos na JUCEB - Junta Comercial do Estado da Bahia e, ao mesmo tempo, ampliar a qualificação do corpo técnico daquela autarquia pública para o exame de atos cooperativos, a JUCEB e a OCEB – Sindicato e Organização das Cooperativas do estado da Bahia acabam de assinar um Termo de Cooperação Técnica entre as instituições, regulamentando a parceria institucional. O ato foi publicado no dia 10 de junho no Diário Oficial do Estado e significa um marco para a simplificação, agilidade e conformidade do registro de atos cooperativos e consequente legalização da situação de cooperativas em todo o estado.

Segundo Ially Gomes, Gerente Geral da OCEB, depois da redução das taxas de registro para atos cooperativos, conquistada em 2014, essa ação conjunta é o mais importante avanço na direção da simplificação das relações entre cooperativas e a JUCEB: “agora a OCEB poderá ajudar o corpo técnico da JUCEB a ampliar seus conhecimentos sobre as peculiaridades jurídicas e o amparo legal das cooperativas, assegurando a elas, na prática, os direitos garantidos pelas leis federais 5.764/71 e 12.690/12 e pela Lei Estadual 11.362/09 e dando fluidez aos processos de constituição de cooperativas e registro de seus atos”.

Outro aspecto importante da cooperação técnica é que ela é um incentivo para que muitas entidades baianas que se intitulam cooperativas, mas que operam na Bahia de forma ainda não regular, possam tomar as providências para registrá-las. Conforme afirma o presidente da OCEB, Cergio Tecchio, “as cooperativas legais terão sua vida facilitada por essa cooperação técnica com a JUCEB. E as muitas cooperativas que ainda não se legalizaram, acabam de receber um incentivo para fazê-lo”.

Confira os dias de atendimento ao público:

Sede da JUCEB (Comércio) – Às terças e quintas-feiras de 09:00 às 16:00 horas.

Sede da OCEB – Às quartas-feiras de 09:00 às 17:00 horas.



Cooperativas de Salvador e Região Metropolitana discutem posicionamento e inovação no mercado

July 27, 2015 17:09, by Portal Bahia Cooperativo - 1One comment

Dando continuidade aos Encontros de Presidentes das Cooperativas Baianas 2015, cooperativas de Salvador e Região Metropolitana reuniram-se, no dia 24 de julho, na capital, para debater sobre as necessidades das cooperativas e trocar experiências sobre a situação atual das cooperativas no mercado. O evento foi aberto pelo Presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, e contou com 50 participantes representando 30 cooperativas da região.

A palestra sobre o tema “Acesso a mercados para cooperativas”, focando nos desafios das cooperativas para o ingresso e permanência no mercado, ministrada pelo consultor Aldir Parisi, foi um dos pontos-chave nesse encontro. “As cooperativas precisam estar atentas ao ambiente que estão inseridas, e esse ambiente é o mercado. E pra isso elas precisam estar constantemente revendo sua forma de gestão, de atuação, e desenvolver novas estratégias para serem mais competitivas, ganharem credibilidade e sobreviverem”, afirmou Parisi.

Cergio Tecchio deu continuidade apresentando o resultado dos Encontros de Presidentes de 2014 e o Plano Estratégico do Sistema OCEB. Em seguida, Parisi mediou uma dinâmica de grupo sobre a execução do Plano Estratégico e Ações do Sistema OCEB. Para a Presidente da COLIVRE, Daniela Feitosa, além do conteúdo apresentado, é uma grande oportunidade de conhecer novas cooperativas e trocar experiências entre elas.

O Encontro de Presidentes das Cooperativas Baianas pretende atingir todas as cooperativas do Estado. O evento já foi realizado na Região Oeste, no município de Luís Eduardo Magalhães no dia 17 de julho de 2015, e ainda serão realizados nos municípios de Irecê (Região Piemonte e Chapada - 31 de julho de 2015), Vitória da Conquista (Região Sudoeste - 7 de agosto de 2015), Eunápolis (Região Extremo Sul - 14 de agosto de 2015) e Feira de Santana (Região do Portal e Sertão - 21 de agosto de 2015).



Delegação de cooperativas baianas participa de Conferência Mundial das Cooperativas de Crédito

July 27, 2015 12:17, by Portal Bahia Cooperativo - 0no comments yet

O Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia – OCEB, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia – Sescoop/BA promoveram a participação dos representantes das cooperativas Sicoob Cred Executivo, Sicoob Cooperbom, Sicoob Coopermar, Sicoob Norte Sul, Unicred Salvador e Unicred Região Sul, na Conferência Mundial das Cooperativas de Crédito, promovida pelo Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito (Woccu). O evento anual tem como objetivo o compartilhamento de informações e das melhores práticas do cooperativismo de crédito. A Conferência foi realizada entre 12 a 15 de julho, em Denver, nos Estados Unidos.

É a primeira vez que o Sistema Cooperativo Baiano envia uma delegação para participar deste evento e, de acordo com Renato Altino Paiva, gerente de relacionamento do Sicoob Cred Executivo e representante dos empregados no Conselho Estadual do Sescoop/BA, a troca de experiência e o conteúdo adquirido durante a conferência, foram de extrema importância para o crescimento dos profissionais e das cooperativas. “A metodologia do evento consistiu em colocar a disposição dos participantes palestras e oficinas de forma simultâneas, deixando para cada participante escolher os temas que mais lhe interessavam. O evento foi de extrema importância, não só para nós participantes, mas como para a nossa cooperativa”, afirmou Paiva.

Na programação, destaque para a entrega do prêmio Distinguished Service Award (DSA) ao brasileiro Roberto Rodrigues, embaixador especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para o cooperativismo de crédito no Brasil. Trata-se do maior reconhecimento a contribuições relevantes para o desenvolvimento internacional do segmento. Roberto Rodrigues foi homenageado pela dedicação, há mais de 40 anos, ao cooperativismo de crédito.

O Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (Woccu) atua para promover o desenvolvimento sustentável das cooperativas por meio de programas de assistência técnica visando fortalecer o desempenho financeiro e o alcance destas cooperativas. O Woccu registrou, em 2014, 57 mil cooperativas de crédito em 105 países, nos cinco continentes, totalizando 217 milhões de pessoas.



Luis Eduardo Magalhães abre a 3ª Edição dos Encontros de Presidentes das Cooperativas

July 20, 2015 17:58, by Portal Bahia Cooperativo - 0no comments yet

Com o objetivo de debater sobre as necessidades das cooperativas e trocar experiências, o Sistema OCEB, realiza a 3ª Edição dos Encontros de Presidentes das Cooperativas da Bahia. Os encontros serão realizados durante os meses de julho e agosto, e o primeiro município a participar foi o de Luís Eduardo Magalhães, localizado a 942 Km de Salvador, no dia 17 deste mês. O evento aconteceu no Paranoá Hotel e contou com a presença de 14 participantes representando 7 cooperativas da Região Oeste.

O Presidente do Sistema OCEB, Cergio Tecchio, iniciou o Encontro de Presidentes das Cooperativas Baianas 2015 dando as boas-vindas aos participantes e apresentando a consultora em Marketing e Empreendedorismo, Marília Falcão. O Encontro de Presidentes se propôs discutir como as cooperativas baianas vêm se posicionando na representação e fortalecimento do sistema cooperativista, os desafios da economia brasileira e internacional, e os planos para o futuro. Marília Falcão palestrou e levantou questionamentos entorno do tema “Reinventando as cooperativas para os novos desafios de um mercado em constante transformação”. Para Falcão, a participação dela no Encontro foi uma oportunidade interessante por estar em contato com presidentes e dirigentes de cooperativas de diferentes ramos, além de participar de discussões tão enriquecedoras e participativas como as que ocorreram.

Cergio Tecchio deu continuidade ao encontro, apresentando o resultado da pesquisa da edição dos Encontros de Presidentes de 2014 e o Plano Estratégico do Sistema OCEB aos participantes. Saulo Santos Vieira, presidente da COOPEB, ressaltou que “os resultados realmente são fabulosos. Estamos vendo que o Sistema OCEB está muito empenhado em nos dar as soluções através de pesquisas e planejamento estratégico, tudo muito bem organizado e a gente realmente se sente seguro com essa gestão do Sistema. É um suporte técnico. É um suporte de gestão. E acredito que os presidentes e dirigentes estão cada vez mais satisfeitos”.

Em seguida, a consultoria Marília Falcão, desenvolveu uma dinâmica sobre a execução do Plano Estratégico e Ações da OCEB para a região Oeste, apresentando os resultados ao final do Encontro. “Um contato mais intensificado, o trabalho de mediação, que intensificou a troca de ideias e opiniões sobre o acesso ao mercado e inovação para o cooperativismo em diversos ramos”, afirmou a consultora. O Renato Hotoshi Sato, Gerente da CODEAGRO, saiu do Encontro muito satisfeito: “É muito importante para a gente saber como a nossa cooperativa se encontra em relação a outras. Saber os anseios, não só para e explicitar nossos anseios, como saber os das cooperativas pares e companheiros que trabalham com a gente na mesma atividade e outras cooperativas de outro ramo, mas que são cooperativas da região”, concluiu Renato Hatoshi.